Nomeclatura dos Hidrocarbonetos

Como é grande a variedade de formação dos hidrocarbonetos, precisamos de um método lógico para dar nome a eles.
A nomeclatura oficial dos compostos orgânicos segue as regras elaboradas pela IUPAC. Segundo essas regras, o nome de um composto é formado unindo-se três fragmentos:

Prefixo + intermediário + sufixo

O prefixo,parte inicial, indica o número de átomos de carbono presentes na molécula.
De acordo com o número de átomos de carbono, sabemos qual o prefixo iremos utilizar:

1 átomo de carbono met
2 átomos de carbono et
3 átomos de carbono prop
4 átomos de carbono but
5 átomos de carbono pent
6 átomos de carbono hex
7 átomos de carbono hept
8 átomos de carbono oct
9 átomos de carbono non
10 átomos de carbono dec

O intermédiário indica que tipo de ligação há entre os átomos:

ligação simples an
ligação dupla en
ligação tripla in

O sufixo , parte final da palavra, indica que o composto é um hidrocarboneto.

Todas as moléculas de hidrocarbonetos terminam em o.



Vejamos alguns exemplos.

a)- H3C-CH3
Prefixo para 2 átomos de carbono et
Ligação simples entre os átomos an
Por ser um hidrocarboneto o

Portanto a nomeclatura correta para essa molécula é - etano.

Agora vejamos outros exemplos:

H2C=CH2 - Eteno

HC3-CH2-CH3 - Propano

CH2=CH-CH2-CH3 - 1-buteno

CH3-CH=CH-CH3 - 2-buteno

Quando uma uma molécula apresenta cadeia cíclica, devemos acrescentar a palavra ciclo antes do nome.

Exemplo:

Ciclobutano

Próxima