Tratamento de esgotos

       O tratamento de esgoto é importante não apenas pelo reaproveitamento da água, mas também pela redução de sua ação como forte agente poluente de rios, lagos e mares.

       De modo geral, o processo de tratamentos de esgoto segue as seguintes etapas:

        1ª etapa: Filtração grossa, para remoção de objetos sólidos de grande porte.

       2ª etapa: Sedimentação primária.

       3ª etapa: Filtração.

       4ª etapa: Tanque de Aeração.

       5ª etapa: Sedimentação final. Nesta etapa, os resíduos sólidos podem ser aproveitados para a produção de adubo. A fermentação desse resíduo produz metano, CH4, que pode ser utilizado como combustível.

       6ª etapa: Adição de cloro (bactericida) (Lembo, 2000).

Voltar