Nota da Reitoria 24/01/18

A Reitoria da Universidade Estadual do Norte Fluminense vem a público para informar que está atenta à necessidade do retorno das aulas e do pleno funcionamento das atividades acadêmicas. Para tanto, diversas atividades estão sendo realizadas no sentido da retomada no ano letivo.

Primeiramente, esta Reitoria não tem medido esforços no sentido da manutenção das condições mínimas de funcionamento da Instituição, por entender que a manutenção das atividades se apresenta como a melhor forma de resistência e defesa da UENF diante das fortes ameaças de destruição da universidade pública e das adversidades pelas quais passamos durante todo o ano de 2017. Demostrarmos assim que a UENF resiste e está viva!

Em momento algum a Reitoria parou de trabalhar em prol da Universidade, direcionando nossos esforços para a elaboração e aprovação de uma emeda constitucional que garantisse a autonomia de execução financeira. Felizmente, em dezembro de 2017, com apoio da comunidade universitária, dos campistas e de todos os deputados estaduais, conseguimos a aprovação da PEC 47, em dois turnos, ambos por unanimidade.

Importante destacar que, durante o mês de janeiro de 2018, esta Reitoria continuou exigindo ao Governo estadual que fossem tomadas as providências necessárias para garantir o cumprimento do orçamento e, assim, garantir as condições de infraestrutura para a retomada das atividades na Universidade.

Temos discutido internamente e no Colegiado Executivo (COLEX) as possibilidades de elaboração do Calendário Acadêmico, vislumbrando o retorno às aulas para a segunda quinzena de fevereiro ou início de março.

Esclarecemos que a definição dos calendários acadêmicos é de responsabilidade das Câmaras respectivas e do Colegiado Acadêmico (COLAC). Ambos  estarão se reunindo na primeira semana de fevereiro para discutir a sua elaboração. A continuidade ou não da greve é prerrogativa das entidades representativas dos docentes e do corpo técnico-administrativos.

Porém, mesmo considerando que não temos ainda as condições ideais, como a garantia do pagamento dos salários em dia, a infraestrura ideal nos campi e a garantia da total execução do orçamento, é importante retomarmos as aulas, pois o ensino – base para o desenvolvimento da pesquisa e extensão – é um dos pilares e razão de existência da Universidade.

Desse modo, convocamos toda a comunidade uenfiana para reunião aberta do COLEX, dia 30 de janeiro, às 16h, no Centro de Convenções, para debater coletivamente sobre a situação atual da Universidade,  o retorno às aulas e o pleno funcionamento das atividades acadêmicas.