27/11/17

 logo-informativo.jpg-melhorado-PARA-PORTAL

Campos dos Goytacazes (RJ), segunda, 27 de novembro de 2017. Nº 3.748

Supera Rio UENF discute problemas e soluções para as universidades

Foi realizado na última sexta-feira 24/11/17, o Supera Rio UENF,  uma iniciativa do Fórum de Desenvolvimento Estratégico do Estado, órgão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), que teve como tema “A Universidade pública como ferramenta para o desenvolvimento social e econômico”. Além dos deputados estaduais presentes, o evento contou ainda com o deputado federal Glauber Braga e representantes da UENF,  Associação dos Docentes da UENF (ADUENF), Sindicato dos Técnicos da UENF (Sintuperj) e Diretório Central dos Estudantes (DCE)..

Com bom público no Centro de Convenções da UENF, o objetivo era discutir os novos caminhos e as soluções diante da grave crise que atravessa o Estado do Rio de Janeiro desde 2015. Nesse tom, o deputado Wanderson Nogueira iniciou com uma breve explicação do que motivou o evento:  “Criamos este evento justamente por entendermos que os motivos que levaram a esta crise todos sabemos; o que não sabemos é como superá-la. Por isso estamos aqui dialogando com as universidades públicas que, notoriamente, são as instituições de ensino superior que mais desenvolvem pesquisas e tecnologias gerando grande retorno para o Estado e para a população.”

Pela UENF, o reitor Luis Passoni e a vice-reitora Teresa Peixoto falaram logo após, ressaltando que as crises são geradas por decisões políticas, sendo necessário combatê-la também com ações políticas. “Por isso acreditamos na PEC 47 como essa ação política para realmente atingirmos uma autonomia financeira e saldarmos compromissos com fornecedores e mantermos viva nossa universidade. A PEC 47 garantirá que o orçamento aprovado seja repassado às universidades estaduais em duodécimos”, disse o reitor, que criticou ainda o relatório do Banco Mundial divulgado esta semana.

Representando a ADUENF, a professora Luciane Soares destacou que, sem os recursos necessários, muitas pesquisas estão sendo prejudicadas ou encerradas. Ressaltou também que a falta de recursos afeta as condições para o bom funcionamento da universidade, como segurança, limpeza e manutenção. “Essa situação nos mostrou claramente o quadro de exceção em que o governo nos colocou, atrasando nossos salários numa clara segregação de servidores, não poupando inclusive, aposentados e pensionistas”, afirmou.

Intermediados pelo deputado estadual Wanderson Nogueira, falaram ainda o aluno Braulio Fontes (DCE) e Regina Souza e Sergio Dutra, representantes do Sintuperj, sindicato que representa também servidores da Uenf, Uerj e Uezo. Na mesma linha de discurso, o deputado estadual Waldeck Carneiro aprofundou a discussão, traçando um paralelo entre a crise cíclica do capitalismo, sobretudo com fontes de energias não renováveis (petróleo), e sua indústria internacional, que vem atuando fortemente no Brasil com brechas dadas pelo governo federal, a quem ele chamou de “um grande plano para desmonte do parque científico nacional”. “Por isso o sucateamento das universidades públicas, por isso esse projeto ardiloso da previdência contra o trabalhador”, completou o deputado.

Unânimes sobre este embasamento, os deputados estaduais Bruno Dauaire e Flavio Serafini acrescentaram a importância da unificação de forças em apoio à PEC 47 neste momento de troca de comando da Alerj, colocando este projeto em pauta e posterior votação em dois  turnos com quórum qualificado.

Finalizando as explanações, o deputado federal Glauber Braga salientou a importância da força da opinião pública nas questões que envolvem as universidades públicas. Destacou que, em três oportunidades recentes, a voz popular barrou ações articuladas pelo governo federal como os casos do projeto que muda a previdência, Renca (Amazônia) e do projeto de flexibilização do trabalho escravo.

Logo após as falas, o deputado estadual Wanderson Nogueira abriu o microfone para colocações e perguntas do público encerrando o evento com uma foto simbólica com todos segurando uma faixa com dizeres: ”A Uenf marcha pela ciência e educação pública no Brasil.”

Neste encontro, ficou também agendada a data de 28/11, (terça feira) para a visita à Assembleia Legislativa do Estado (Alerj), decidida pelo último Consuni. O ônibus sairá da UENF às 5h30 desta terça feira, 28/11/2017.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Gerência de Comunicação (ASCOM)
Av. Alberto Lamego, 2.000 – Parque Califórnia – Campos (RJ)
Telefones: Ascom: (22) 2739-7815 / 2739-7813
Reitoria: (22) 2739-7003
Email: uenf@uenf.br
Gerente de Comunicação: Marco Antônio Moreira