06/07/16

logo-informativo.jpg-melhorado-PARA-PORTAL

Campos dos Goytacazes, quarta, 06 de julho de 2016. Nº 3.605

VIII Congresso Fluminense de Iniciação Científica e Tecnológica

Durante a abertura do Congresso, reitor diz que evento representa um ‘ato de resistência’ da Universidade

Mesa

O reitor da UENF falou aos participantes do CONFICT

Ao abrir na tarde desta terça-feira, 05/07/16, o VIII Congresso Fluminense de Iniciação Científica e Tecnológica (CONFICT), o reitor da UENF, Luís Passoni, disse que o evento representa um “ato de resistência” da Universidade frente às dificuldades financeiras decorrentes da falta de repasses do Governo do Estado. Cerca de 1.500 trabalhos foram inscritos no Congresso, que se estende até esta quinta-feira, 07/07/16.

— Este evento não é um simulacro de que tudo está normal. É um evento de resistência, em que estamos mostrando o que temos de melhor à sociedade, que é o conhecimento — disse o reitor, que participou da mesa ao lado de autoridades do IFF e da UFF, instituições que, com a UENF, dividem a organização do evento.

publicoA mesa de abertura teve ainda a presença dos professores Vicente de Paula Oliveira (representando o reitor do IFF, Jéfferson Manhães de Azevedo), Cláudio Henrique Reis (representando o diretor do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional da UFF, Hernan Armando Mamani), além dos coordenadores de Iniciação Científica das três instituições: Maria Cristina Gaglianone (UENF), Pedro de Azevedo Castelo Branco (IFF) e Vanuza da Silva Pereira Nei (UFF).

Durante a solenidade de abertura, foi dada a palavra às presidentes da Associação dos Docentes da UENF (ADUENF), Maria Angélica Pereira, e do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Públicas Estaduais do Rio de Janeiro-UENF (Sintuperj), Maristela Lima. Angélica ressaltou que a realização do CONFICT é uma demonstração de superação dos problemas pelos quais a UENF vem passando.

palestrante

Sérgio Buarque Guimarães

— O Estado do Rio passa por uma crise política e financeira, na qual faltam investimentos principalmente nas áreas de saúde, educação e segurança. A ideia é precarizar para privatizar. E ainda estamos correndo risco de demissões — disse Maristela.

Após a abertura, foram exibidos os vídeos dos alunos que estão participando do concurso “Por que me orgulho de fazer parte da Iniciação Científica e Tecnológica da UENF?”, que marca os 21 anos do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica da UENF (PIBi). Em seguida, o professor Paulo Buarque, assessor da Diretoria de Tecnologia da Faperj, ministrou a Conferência de Abertura, sobre o tema geral do Congresso, “Ciência, Tecnologia e Sociedade”.

O VIII CONFIC — que engloba 21º Encontro de Iniciação Científica da UENF, o 13º Circuito de Iniciação Científica do IFF e a 9ª Jornada de Iniciação Científica da UFF — conta com apresentações orais e de banners, palestras, minicursos, apresentações culturais etc.

Pela manhã, o reitor deu as boas vindas aos avaliadores da Capes, que vieram à UENF para conhecer os trabalhos de Iniciação Científica e Tecnológica apresentados no Congresso. A recepção foi realizada na Sala de reuniões do prédio P9, com a presença da pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UENF, Rosana Rodrigues, e da coordenadora do PIBi-UENF, Maria Cristina Gaglianone.

Veja aqui a programação completa.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Gerência de Comunicação (ASCOM)
Av. Alberto Lamego, 2.000 – Parque Califórnia – Campos (RJ)
Telefones: Ascom: (22) 2739-7815 / 2739-7813
Reitoria: (22) 2739-7003
Gerente de Comunicação: Fúlvia D’Alessandri (Jornalista)