15/04/16

logo-informativo.jpg-melhorado-PARA-PORTAL

Campos dos Goytacazes, sexta, 15 de abril de 2016. Nº 3.579

Sociedade civil unida em defesa da UENF

Documento assinado por representantes de mais de 10 entidades locais será encaminhado à Alerj e ao Governo do Estado

cdlRepresentantes de mais de 10 entidades campistas assinaram um documento em defesa da UENF na manhã desta sexta-feira, 15/04/16, na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Campos (CDL). O documento, que será encaminhado à Assembleia Legislativa (Alerj) e ao Governo do Estado, foi redigido durante uma reunião proposta pela CDL para discutir, entre outros assuntos, a situação financeira por que passa a UENF. O chefe de Gabinete da Reitoria da UENF, Raul Palacio, representou o reitor da UENF, Luís Passoni, que não pôde comparecer em virtude da reunião do Conselho Universitário, que ocorria no mesmo horário.

O documento foi assinado por todos os presentes:  além da CDL, representantes do Instituto Federal Fluminense (IFF),  Associação Norte Fluminense de Engenheiros e Arquitetos (Anfea), Associação Comercial e Industrial de Campos (Acic), Lions Clube de Campos, Rotary São Salvador, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)-Campos, Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), Associação dos Comerciantes da Rua João Pessoa e Adjacências (Carjopa), além dos sindicatos do Comércio Varejista, Contabilistas, Médicos e Cirurgiões Dentistas, entre outros.

A ideia de que a UENF é um patrimônio de Campos e do Norte Fluminense — e de que a sociedade campista não pode se calar diante da situação em que se encontra — foi manifestada pela maioria dos participantes. Alguns lembraram a criação da UENF, como os comerciantes Edwar Chagas e Odilon Martins. O diretor do Sindicato dos Contabilistas, José Orniz, observou que a UENF foi o embrião do polo universitário que se instalou em Campos a partir de sua criação, em 1993.

O chefe de Gabinete da Reitoria, Raul Palacio, ressaltou que a UENF possui atualmente cerca de 5 mil alunos, a maioria de Campos, municípios do Norte/Noroeste Fluminense e do Sul do Espírito Santo. Lembrou que a Universidade foi uma das primeiras do país a implementar a reserva de vagas para alunos carentes. Hoje, metade das vagas é destinada a alunos cotistas, que recebem um auxílio financeiro para continuar estudando.

— Desde dezembro as bolsas não estão sendo pagas e os cotistas dependem deste dinheiro para continuar na UENF. De ontem para hoje, a situação de complicou muito, pois alguns deles estão acampados na Reitoria porque foram despejados de suas casas devido ao atraso no aluguel. Este também foi um motivo para o reitor não estar aqui hoje — disse.

Segundo Raul, a empresa Águas do Paraíba deu um prazo até o dia 25/04/16 para a UENF quitar a conta de água, caso contrário o fornecimento será suspenso. Raul informou que, se isso ocorrer, diversas pesquisas irão se perder, acarretando prejuízos incalculáveis. Até o momento, a UENF deve um total de R$ 11 milhões e não há sinalização do Governo quanto à liberação de recursos.

Workshop sobre ‘Matas Secas’ se estende até sábado

florestas secasFoi aberto na útima quinta-feira, no Auditório 1 do prédio P5, na UENF, o Workshop  “Matas Secas no Brasil: biodiversidade e serviços do ecossistema”, que integra o Programa Fundo Newton, parceria RCUK/NERC-CONFAP/FAPERJ. Organizado conjuntamente pela UENF, Jardim Botânico do Rio de Janeiro e Royal Botanic Garden Edinburgh, o workshop se estende até este sábado, 16/04/16.

A abertura contou com a presença do reitor da UENF, Luis Passoni, que falou sobre a crise financeira na Universidade. O reitor disse que, apesar de todos os problemas, a UENF é a única das três universidades estaduais que ainda está conseguindo se manter em funcionamento.

A cerimônia de abertura contou ainda com a presença da pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UENF, Rosana Rodrigues; da diretora do Centro de Biociências e Biotecnologia (CBB), Kátia Valevski Sales Fernandes; do diretor do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Haroldo Lima; e do diretor do Jardim Botânico de Edimburgo, Toby Pennington.

Ò evento é organizado pelo curador do Herbário da UENF, professor Marcelo Trindade Nascimento, do Laboratório de Ciências Ambientais (LCA) da UENF, e conta com a participação de cerca de 50 pesquisadores convidados, de instituições do Brasil e da Grã-Bretanha, como University of Leeds, Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Universidade Federal de Minas Gerais, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, University of Edinburgh e Universidade Estadual Paulista (Unesp). Veja aqui a programação.

 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Gerência de Comunicação (ASCOM)
Av. Alberto Lamego, 2.000 – Parque Califórnia – Campos (RJ)
Telefones: Ascom: (22) 2739-7815 / 2739-7813
Reitoria: (22) 2739-7003
Gerente de Comunicação: Fúlvia D’Alessandri (Jornalista)