29/11/13

Informativo da UENF

Campos dos Goytacazes (RJ), sexta, 29 de novembro de 2013 – Nº  3.210

Chuvas dentro da normalidade

José Carlos Mendonça

José Carlos Mendonça

As fortes chuvas que caíram nos últimos dias na região, embora tenham causado alguns estragos para a população, estavam dentro do esperado para o final do mês de novembro. É o que afirma o pesquisador José Carlos Mendonça, do Laboratório de Engenharia Agrícola (LEAG) da UENF. Segundo Mendonça, o volume de precipitação entre os dias 23 e 26 de novembro, de 105,5 milímetros (mm) de chuvas, está dentro da normalidade para Campos e região.

— A intensidade das chuvas pode ter causado certa surpresa, mas para nós isto já era esperado, pois estava dentro do previsto para o período — explica, ressaltando que historicamente novembro é o mês em que mais chove em Campos (RJ).

Dados dos gráficos preparados com base no monitoramento feito pelo LEAG sobre as chuvas mostram que, de 2010 até novembro deste ano, por exemplo, houve uma evolução no índice pluviométrico. Tanto que durante todo o ano de 2010 o índice ficou em 670mm e em 2011 o número passou para 741mm. Já em 2012 o laboratório registrou 854mm.

— E este ano, de janeiro até agora, tivemos 901mm de chuvas. O esperado para o ano todo é de 1.065mm. Nos três últimos anos tivemos um período de seca na região, mas neste ano devemos alcançar o índice normal de 1.065mm — aponta o professor.

Para o verão de 2014, não há previsão de manifestação de fenômenos como o El Niño (provoca aquecimento das águas do Oceano Pacífico, alterando o clima em várias regiões do planeta) e La Niña (causa o efeito contrário, com esfriamento da temperatura). Mas existe atenção com as Zonas de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), que, segundo José Carlos Mendonça, podem causar eventos importantes na região. Elas são provocadas pelo ar quente que se desloca da Amazônia com destino ao Sudeste e outras regiões.

— Este ano tivemos quatro eventos de ZCAS, e existe a possibilidade de ocorrerem mais durante o próximo verão, causando grandes eventos de precipitação —  conclui o professor.

Março foi o mês mais chuvoso

Chuva 2013 mes a mes (ate novembro - parcial)Até a medição da última quinta, 28/11/13, o mês mais chuvoso de 2013 em Campos foi março, com 230,2 milímetros. O volume representou mais de três vezes a média histórica para aquele mês, que é de 73,1 mm. Embora novembro seja na média histórica o mês mais chuvoso, neste ano as chuvas que caíram até o dia 28/11 totalizam 152,5 mm – patamar bem inferior aos níveis de março e um pouco abaixo da média de novembro, que é de 185,8mm.

Apesar da quantidade bem abaixo da média em outubro (foram apenas 26,4 mm frente a uma média histórica de 118,3mm), não se pode dizer que o ano tenha sido particularmente ruim de chuva. Em julho e agosto choveu acima da média histórica: foram 67,1mm em julho, para um padrão esperado de 47,3mm, e 57 mm em agosto, para uma média histórica de 33,3 mm.

No início do ano, em janeiro choveu praticamente o esperado (125,7mm para uma média de 135,1), em fevereiro choveu abaixo da média (44,3mm comparados a uma média de 75,4mm). Depois da chuvarada de março (230,2mm, para uma média de 73,1mm), voltou a chover bem em abril, com 103,2 mm para uma média de 85,4. Os meses de junho e outubro é que foram bem atípicos, pois choveu bem abaixo do esperado.

Volume de chuvas vem aumentando desde 2010

Chuva ano a ano - 2002-2013 (ate novembro 2013)O gráfico das chuvas anuais ocorridas em Campos desde 2002 mostra que os anos mais secos foram 2002 (561,40 mm) e 2010 (670,50 mm) e que os anos mais chuvosos foram 2008 (1.593,60 mm) e 2005 (1.548,10 mm). Desde 2010, os dados vêm indicando uma elevação do volume anual, embora ainda abaixo da média histórica, que é de 1.065 mm.

Os volumes contabilizados anualmente não dizem muito para o produtor, tendo em vista a irregularidade na ocorrência das chuvas. Teoricamente, um ano com bons volumes totais pode significar um período de muita escassez em alguns meses e de cheias em outros – a pior combinação possível para o homem do campo. Em 2009, por exemplo, o acumulado no ano (1.008,20 mm) ficou 5% abaixo da média histórica, mas o verão foi de enchentes na cidade e na Baixada Campista.

Mostra de Matemática Básica na UENF

Para estimular o estudo nos alunos das escolas, o curso de Licenciatura em Matemática da UENF promove a partir desta segunda-feira, 02/12, a 1ª Mostra de Matemática Básica, destinada a estudantes e professores dos ensinos fundamental e médio das escolas públicas de Campos dos Goytacazes. A solenidade de abertura ocorre às 14h de segunda-feira, no auditório do prédio P5. A Mostra prossegue até 03/12.

A organização do evento está a cargo dos professores do Laboratório de Ciências Matemáticas (LCMAT), sob a coordenação da professora Wilma Huacasi Mamani. Serão abortados temas como “Brincando com Matemáticas”, “Laboratórios de Matemática à Vista”, “Retas Esféricas Hiperbólicas”, “A Matemática na Computação Visual”, “Aplicações Matemáticas”, “História de alguns Matemáticos” e “Determinação Computacional do Deslocamento de Óleo no Mar”. Nos dois dias da Mostra haverá apresentação de painéis dos trabalhos dos formandos.

Veja a programação.

Editora alemã publica dissertação da UENF

livro alcimarA dissertação de mestrado defendida este ano pelo aluno Claudio Marouvo, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da UENF, acaba de ser publicada pela editora alemã Lap Lambert. O livro “Endogenous Money and Regional Development: The Reflections in the Region of Baixada Fluminense” faz um diagnóstico do sistema econômico a partir da investigação do papel da moeda na dinâmica econômica na região da baixada Fluminense. Segundo o orientador do trabalho, o professor do Laboratório de Engenharia de Produção (LEPROD) do Centro de Ciência e Tecnologia da UENF Alcimar Chagas, a pesquisa é resultado do grande esforço em entender o sistema econômico regional.

— Trata-se de uma discussão atual que apresenta uma nova abordagem sobre o desenvolvimento industrial, onde investigamos se o desenvolvimento da região pode ser induzido pela moeda através de ações endógenas — diz.

Alcimar explica que, ao contrário do que muitas pessoas pensam, a presença de indústrias em uma determinada região não garante o desenvolvimento local, pois muitas atuam com a concentração de riquezas, deixando a população local à margem do desenvolvimento.

Segundo Alcimar, para que um processo industrial contribua com o desenvolvimento regional, é preciso que o sistema bancário esteja diretamente envolvido nesse desenvolvimento, buscando integrar empresas e instituições locais.

— A pesquisa tem a intenção de servir como formulação de políticas públicas, de modo que possa contribuir com o processo de desenvolvimento regional — diz Alcimar.

Além da publicação internacional, a pesquisa serviu de subsídio para o artigo publicado este ano na revista International Journal of Business and Commerce e também foi apresentada no Congresso de Economia da Associação Nacional de Pesquisa Econômica, realizado no Ceará, em 2011 e no International Conference on Industrial Engineering and operations Management, realizado na Espanha, em 2012.

— Foi a partir do artigo publicado na revista científica que a editora nos procurou para conversar sobre o projeto do livro. Percebemos o grande interesse que eles possuíam em financiar a publicação do trabalho e topamos — conta Alcimar.

O livro encontra-se disponível para compra on-line no site Amazon.com

UENF no Dia Mundial de Luta contra a AIDS

A UENF é uma das instituições parceiras da Secretaria Municipal de Saúde de Campos no Dia Mundial de Luta contra a AIDS, 01/12. Diversas atividades estão programadas, com início neste sábado, 30/11, às 10h, na Praça São Salvador.
Veja aqui a programação. Mais informações podem ser obtidas com a assistente social Maria Helena, no telefone 2739-7106.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Diretoria de Informação e Comunicação (DIC) / Gerência de Comunicação (ASCOM)
Av. Alberto Lamego, 2.000 – Parque Califórnia – Campos (RJ)
Telefones: Ascom: (22) 2739-7119 /8841-2139
Reitoria: (22) 2739-7003
Disque-Uenf: 0800 025 2004 (ligação gratuita)
Jornalistas: Gustavo Smiderle e Fulvia D’Alessandri
Publicitário: Felipe Moussallem
Estagiárias de Jornalismo: Rebeca Picanço e Thaís Peixoto
E-mail: uenf@uenf.br