30/10/13

Ascom Informa

Campos dos Goytacazes (RJ), quarta-feira , 30 de outubro de 2013

Um padre, um pastor, um espírita

Religiosos debatem na UENF tolerância e respeito dentro e fora das religiões

7ª Semana do Servidor da UENF, 30/10/13 - Mesa "Tolerancia e respeito na religião e na vida" - foto Alex de Azevedo / ASCOM UENF

Religiosos convergem em discussão (Foto: Alex Cordeiro)

Sendo expressões humanas, as religiões são marcadas pelo que há de mais nobre e de mais vil na humanidade, mas podem ser agentes e fontes de inspiração para iniciativas importantes de cooperação nas mais diversas áreas. Esta é uma das sínteses possíveis do acalorado debate entre um padre, um pastor e um militante espírita realizado na manhã desta quarta, 30/10/13, durante a 7ª Semana do Servidor da UENF.O debate, realizado no Centro de Convenções da Universidade, teve como tema “Tolerância e respeito na religião e na vida”. Participaram o pastor Carlos Magalhães (Segunda Igreja Batista de Campos), o professor João Carlos de Aquino Almeida (adepto do Espiritismo Kardecista) e o padre Nelson Linhares (Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, antigo Convento dos Redentoristas). A mediação foi do jornalista Gustavo Smiderle, da Gerência de Comunicação da UENF.Polêmicas – Apesar da amabilidade reinante entre os expositores, não foi um debate morno nem isento de provocações, sobretudo partindo do público. Uma moça perguntou por que os líderes religiosos consomem tanto tempo de suas pregações falando mal de outras igrejas. Já um pequeno empresário contou que optou por empregar funcionários evangélicos em vista da fama de disciplinados e honestos, mas se arrependeu ao perceber que seriam extremamente apegados ao dinheiro, causando grande mal-estar quando, por exemplo, uma circunstância bancária atrasa o pagamento em um dia. Também uma servidora questionou os motivos de certas formas de violência, inclusive contra a mulher, terem “nascedouro em ambientes religiosos”.O espírita João Almeida lembrou que no geral o que há de negativo nas religiões é próprio do ser humano – intolerante, violento –, não sendo especificidade do fenômeno religioso. O padre Nelson Linhares também lembrou que a religião não está fora do mundo e de suas estruturas eventualmente injustas e opressoras, opinando que seria um simplismo atribuir todos os males à instância religiosa. E lamentou que a religião seja vista e tratada no Brasil com uma perspectiva concorrencial e de mercado. Já o pastor Carlos Magalhães disse que estes problemas não são propriamente da religião, mas do ser humano que precisa se encontrar com sua própria maldade e se arrepender. Quanto ao alegado apego dos evangélicos ao dinheiro, pediu perdão em nome dos que agem assim. Mas lembrou que também existem evangélicos que se desprendem de tudo para servir a Cristo.

A discussão da Semana do Servidor suscitou propostas específicas de cooperação entre atores religiosos – em parte por sugestão de uma pesquisadora presente -, privilegiando o que une e não o que divide: esforços humanitários em casos de calamidades, trabalhos político-sociais voltados para pessoas mais fragilizadas e até a construção de uma capela ecumênica na UENF.

A 7ª Semana do Servidor da UENF continua até esta quinta, 31/10/13, tendo como tema geral “Arte da convivência”. A organização é do Setor de Desenvolvimento Humano (SDH) da Gerência de Recursos Humanos (GRH) da UENF. Confira a programação completa.

8º X-Meeting recebe trabalhos

O professor Thiago Motta Venancio, do Laboratório de Química e Função de Proteínas e Peptídeos (LQFPP) do CBB/UENF, informa que é o editor chefe do suplemento de artigos do 8° X-Meeting, evento internacional organizado pela Associação Brasileira de Bioinformática e Biologia Computacional (AB3C). Os artigos aceitos para o suplemento estão disponíveis no site: http://www.biomedcentral.com/bmcgenomics/supplements/14/S6 Obrigado.

Projeto do CCH/UENF em evento da Sect

semana de c&t SectO projeto de extensão “Cidadania e modo de vida em São João da Barra”, coordenado pela professora Wânia Mesquita, do Centro de Ciências do Homem (CCH), participou do estande da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sect) no Parque Madureira durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, de sexta a domingo (25 a 27/10). O projeto conta com a participação de quatro estudantes do Colégio Estadual Raimundo de Magalhães, um bolsista Universidade Aberta e três bolsistas Jovens Talentos da Faperj.

O projeto — premiado como melhor apresentação de banner da área temática Direitos Humanos na  V Mostra de Extensão IFF-UENF-UFF, realizada de  21 a 24/10 — busca analisar as mudanças e transformações ocorridas em São João da Barra após a chegada do porto do Açu e, principalmente, entender como todo esse processo tem sido visto pelos mais jovens. Também tem por objetivo identificar o cotidiano dessa parcela da comunidade, sua noção de cidadania, educação e políticas públicas.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Clique aqui para acessar o sistema on-line de solicitação de serviços à ASCOM.

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Diretoria de Informação e Comunicação (DIC) / Gerência de Comunicação (ASCOM)
Av. Alberto Lamego, 2.000 – Parque Califórnia – Campos (RJ)
Telefones: Ascom: (22) 2739-7119 /8841-2139
Reitoria: (22) 2739-7003
Disque-Uenf: 0800 025 2004 (ligação gratuita)
Jornalistas: Gustavo Smiderle e Fulvia D’Alessandri
Publicitário: Felipe Moussallem
Estagiárias de Jornalismo: Rebeca Picanço e Thaís Peixoto
E-mail: uenf@uenf.br